Thursday, July 14, 2005

Viajante

Há coisa mais
linda...
Do que ver a chuva
cair?
Do que ouvir o vento
zumbir?
Do que sentir o sol
escaldar?
Não há.
Pois aquilo que
pensamos ser belo,
não passa de algo
viajante.
Apenas é um olhar
que no momento
chama.
Como a magia.
Mas passa com o tempo.
Emboa por vezes
deixando marcas profundas;
na sua passagem
de viajante.

Viajante


Há coisa mais
linda...
Do que ver a chuva
cair?
Do que ouvir o vento
zumbir?
Do que sentir o sol
escaldar?
Não há.
Pois aquilo que
pensamos ser belo,
não passa
de algo viajante.
Apenas é um olhar
que no momento chama.
como a magia.
Ma também passa
com o tempo
deixando por vezes
marcas profundas;
na sua pasagem
de viajante.

Thursday, March 17, 2005

Que faço eu aqui?

Vagueio sozinho
no mundo.
No meio da escuridão
e perante tanta miséria
onde se encontra a razão?
Na rua vejo pedintes....
Na esquina prostituição...
Nas ruínas toxicodependentes...
na minha vida imensidão...
E que faço eu aqui?
Que fazei todos vós?
Se o mundo está destruído?
Tudo perante vós!
De mãos atadas
prossigo.
Pois nada posso fazer
mas esta desgraça de vida
já me começa a doer!
São
lamentos sem fim...
vidas destruídas...
crianças esquecidas...
E eu?
Que faço eu aqui?

Tuesday, March 15, 2005

"Revolta"

Não sei o que se passa
no mundo á minha volta.
Ódio e crueldade
falta de sensibilidade.
São cruéis e indiferentes...
parece que não têm coração
Matam, esfolam, maltratam, torturam
os mais frágeis, que não têm
como se defender.
E tudo isso para saber viver;
viver na riqueza e na boa vida.
É só isso que querem
por isso ferem.
Ferem multidões
inofensas
desprotegidas...
Pessoas essas
que não sabem como fugir ao perigo.
Não têm familia
amigos
comida
abrigo
apoios....
Chamam-lhes de vagabundos!
...mendigos
...infelizes
...insignificantes!
Mas são pessoas como nós,
apenas com menos sorte
ou por azar...
Temos que acabar com a crueldade!!!
Ajudar os mais necessitados...
Para com isso conseguir
um Mundo com paz...
amor...
respeito...
humildade...
Está na hora de sermos seres humanos mais civilizados e humildes...

Thursday, March 10, 2005

Aprender

Todos os dias crescemos...
E apredemos
com os nossos erros.
As memórias ficam.
A dor e a mágoa permanecem
no interior de quem
erra...
ama...
Aprendemos com o tempo
com medo de não tornar a errar.
aprender sempre...
Permanecendo o passado
com os erros cometidos.